quinta-feira, junho 29, 2006

CROCHÉ DE GRAMPO (Dedicado á minha vizinha Maria)

ECHARPE BRANCA
Recebi um comentário da Silvana que diz gostar de croché de grampo, fez-me lembrar que tinha algo sobre o assunto e resolvi postar. Mas estas imagens têm história .
Vive aqui ao lado a vizinha maria que tem um dom especial para fazer croché de grampo ( ela diz :croché de gancho) fazia toalhas pequenas,médias,grandes todas lindas em croché de grampo, também naperons de vários tamanhos nas mais variadas cores. Quando vendia quase nada levava pelo seu trabalho pois dizia:( Faço para me entreter, dá-me imenso prazer passar o tempo a crochetear.) Todos os dias passava á minha loja,quase sempre comprava linhas de croché e eu perguntava; mais uma e ela respondia :tem de ser. E era assim o dia a dia da minha vizinha Maria. Um dia mostrou-me estas imagens e eu adorei, disse que me ensinava, mas como estava na loja, eu adiava sempre dizendo, tem tempo. A vizinha Maria já tem oitenta e tal anos, há uns 3 meses atráz quando chego á minha loja para ir abrir ,deparo-me com a noticia, a Minha Vizinha Maria tinha lhe dado qualquer coisa, grave e foi para o hospital de madrugada. Foi um A.V.C. está sem falar, sem conhecer ninguém, sem ver , desde então.Parece não haver esperanças. Perdi a amiga ,a vizinha, a cliente que sempre me visitava e apesar da insistençia dela nunca aprendi croché de gancho(como ela dizia). Dizia-me sempre assim ;( Aprende para quando eu morrer deixar esta tradição com alguém, da minha familia ninguém aprendeu.)VIZINHA MARIA DESCULPE SE NÂO APRENDI, MAS VOU SEMPRE LEMBRA-LA ASSIM, COM MUITA VIDA,TALENTO E MUITO BOM HUMOR.Dedico este post á mulher que melhor fazia croché de gancho aqui na minha zona.

3 comentários:

Silvinha disse...

Oi bigadinha pelo koments no meu bloguito!!!! muito lindo o teu também...cheio de crochê!!!!
Bjs
vou passar sempre aki

Claudia Assencao disse...

Oi Mary!!! É mesmo uma pena o que acoteceu com tua vizinha Maria!!! Bom as peças são lindas!! =)
Beijos, Claudia

Clariarte disse...

Eu tenho uma historia parecida com mãe de uma amiga minha, mas ainda fui a tempo de aprender e adoro fazer.
beijocas
Clarisse